Pesquisar
Close this search box.

Marca gigante de vestuário esportivo vai demitir 1.600 funcionários por causa de vendas fracas

A Nike, renomada empresa de vestuário esportivo, anunciou na última quinta-feira, 15, sua decisão de demitir mais de 1600 funcionários, o que representa aproximadamente 2% de sua força de trabalho. A medida visa reduzir custos diante de uma perspectiva de vendas menos otimista.

Em comunicado, a empresa revelou que busca economizar US$ 2 bilhões nos próximos três anos por meio da simplificação da linha de produtos e da redução da força de trabalho. Essa ação é parte de uma estratégia para alinhar a organização ao crescimento esperado nos próximos anos.

Os cortes de empregos serão implementados em duas fases, conforme detalhado em um memorando interno. A primeira fase terá início nesta sexta-feira, 16, e se estenderá até a próxima semana, enquanto a segunda fase será concluída até o final do quarto trimestre da empresa.

O anúncio dos cortes ocorre em um contexto de preocupações em relação ao varejo nos Estados Unidos, após dados revelarem uma queda nas vendas em janeiro, comparadas aos números impulsionados pelas festividades de dezembro. Após o comunicado, as ações da Nike registraram uma leve queda de 0,26% em Nova York, por volta das 7h40 do horário de Brasília.

Com informações da revista Exame.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *