Pesquisar
Close this search box.

A crítica de DeSantis à Haley por não endossar Trump: “Você assinou o compromisso”

O governador da Flórida, Ron DeSantis, criticou duramente a ex-embaixadora da ONU, Nikki Haley, por não endossar a candidatura do ex-presidente Trump à presidência após suspender sua campanha.

DeSantis fez esses comentários durante uma participação no programa “The Balance” da Newsmax, mencionando o compromisso firmado pelos candidatos republicanos nas primárias, no qual se comprometeram a apoiar o candidato eventual do partido.

“Eu assinei o compromisso e você assinou o compromisso dizendo que não iria desistir e ir para casa”, disse DeSantis a Eric Bolling da Newsmax em uma entrevista. “E então, eu cumpri minha promessa, e agora ela terá que decidir se vai ou não cumprir a dela.”

O governador continuou: “Mas a ideia de que, de alguma forma, as circunstâncias mudaram… Acho que todos nós sabíamos o que estávamos fazendo quando assumimos esse compromisso, e cabe a você decidir se isso é significativo para você. E então, para mim, eu digo às pessoas, você sabe, se eu prometer algo, vou cumprir.”

Haley encerrou sua candidatura à Casa Branca na manhã de quarta-feira, depois de perder quase todos os estados na Superterça, tornando uma vitória quase impossível para a ex-governadora da Carolina do Sul.

“Eu disse que queria que as vozes dos americanos fossem ouvidas. Eu fiz isso. Não me arrependo. E embora não seja mais candidata, não vou parar de usar minha voz para as coisas em que acredito”, disse Haley enquanto ela falou na sede de sua campanha presidencial em Daniel Island, em sua cidade natal, Charleston, Carolina do Sul.

Nikki Haley anuncia que está suspendendo sua campanha para presidente

No entanto, Haley não apoiou imediatamente Trump, que está a caminho de conquistar a nomeação presidencial do Partido Republicano nas próximas semanas.

O ex-presidente varreu na terça-feira 14 dos 15 estados de costa a costa que realizaram primárias presidenciais Republicanas e Caucuses na Superterça, deixando Trump muito mais perto de garantir a nomeação do Partido Republicano e de uma revanche nas eleições gerais com o presidente Biden.

Trump Mar-a-Lago

Embora Haley não tenha apoiado Trump, o principal representante de Haley, Ralph Norman, da Carolina do Sul, disse à Fox News na manhã de quarta-feira que “caso não ocorra hoje, ela” apoiará o ex-presidente.

Norman, que apoiou Haley há um ano, acrescentou em uma entrevista à “Fox and Friends” que “no final das contas, ela aceitará”.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *