Pesquisar
Close this search box.

A dança das cadeiras no TSE: veja como vai ficar a nova composição do tribunal

Foto - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Cármen Lúcia assume a presidência e Nunes Marques se torna vice.

A ministra Cármen Lúcia vai ser eleita presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta terça-feira, 7, e passará o bastão de vice a Nunes Marques, às 19 horas.

Os critérios para a ocupação dos dois principais cargos no TSE são a antiguidade no tribunal e ser egresso do Supremo Tribunal Federal (STF). Dessa forma, a votação de hoje é apenas simbólica.

A cerimônia de posse está prevista para 3 de junho, encerrando, portanto, o mandato de Alexandre de Moraes na Corte.

Essas mudanças vão afetar a composição do TSE, a partir do mês que vem:

  • Presidente: Cármen Lúcia;
  • Vice-presidente: Nunes Marques;
  • Ministro efetivo do STF (substituindo Moraes): André Mendonça;
  • Corregedor-geral (substituindo Raul Araújo): Isabel Gallotti;
  • Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ): Antonio Ferreira;
  • Ministro pela vaga de advogado: André Tavares;
  • Ministro pela vaga de advogado: Floriano de Azevedo Marques.

Composição regimental do TSE

A Corte é composta de sete ministros titulares:

  • Três do STF;
  • Dois do STJ;
  • Dois advogados.

Os ministros são eleitos para um mandato de dois anos, sendo permitida a recondução para outro período consecutivo, portanto, quatro anos, com exceção dos ministros do STJ, que não podem ser reconduzidos para uma maior rotatividade na Corte.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

3 Responses

  1. Receio é de que os indicados pelo Bolsonaro, inclinem mais clarametne à esquerda. Vejo o país devastado e acabado. O mal político está tomando conta de tudo que pode e inúmeras empresas sendo cuidadas pelas facções criminosas. Não enxergo saída.

  2. Não precisamos de abutres togados que não foram escolhidos pelo povo. Todos deveriam ser …exonerados ( na melhor das hipóteses), deveriam perder os direitos políticos, e novos juízes deveriam ser escolhidos por votação, com mandatos de 4 anos no máximo. Isso para o TSE, o STF deveria ser extinto.

  3. Espera-se que esse novo grupo, assumindo o TSE, siga os ditames da LEI. Precisamos restabelecer a normalidade em nosso País! Preocupa-me aquela história do ” Está errado mas,desta vez, vou votar no errado”!? DEUS nos ilumine!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *