Pesquisar
Close this search box.

Biden diz a Israel que não o ajudará mais contra o Irã

Foto: Reprodução/09/02/2024 REUTERS/Evelyn Hockstein.

Os Estados Unidos não devem participar em quaisquer operações ofensivas contra o Irã, deixou claro o presidente do país, Joe Biden, ao primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse um alto funcionário da administração à CNN.

Os comentários foram transmitidos durante o telefonema que os dois líderes partilharam após os ataques retaliatórios do Irã contra Israel.

Em nota oficial emitida pela Casa Branca, Biden afirmou que convocará uma reunião do G7 neste domingo (14) para avaliar uma resposta ao Irã.

“Amanhã, convocarei os meus colegas líderes do G7 para coordenar uma resposta diplomática unida ao ataque descarado do Irã”, diz o texto.

Biden também reforçou o apoio dos EUA para Israel. “Acabei de falar com o primeiro-ministro Netanyahu para reafirmar o firme compromisso da América com a segurança de Israel”.

O ataque massivo contra o território israelense iniciou-se com um disparo de drones do Irã no final da tarde do sábado (13). Após a ofensiva, o grupo radical islâmico Hezbollah afirmou que lançou foguetes contra um quartel-general das Forças de Defesa de Israel na região das Colinas de Golã.

O espaço aéreo de Israel está temporariamente fechado neste momento, assim como o de outros países da região, como a vizinha Jordânia e o Líbano, de onde vem o aliado iraniano Hezbollah.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *