Pesquisar
Close this search box.

Companheiro de cela de Daniel Alves diz que jogador fugirá para o Brasil caso receba liberdade provisória

Foto: Reprodução/Instagram.

Após três dias de julgamento no Tribunal de Barcelona, Daniel Alves, acusado de estupro de uma jovem de 23 anos no banheiro de uma boate espanhola, aguarda ansioso o veredito que determinará seu destino. Se sua defesa conseguir garantir sua liberdade provisória, o jogador planeja fugir para o Brasil, revelou ele mesmo a um ex-colega de detenção, que compartilhou o suposto plano com o programa de televisão português TardeAR.

“Se ele for solto até o julgamento, ele vai para o Brasil com certeza”, afirmou o homem, cuja identidade será revelada neste fim de semana, conforme publicação.

Após o término do julgamento, não há um prazo definido para o anúncio da sentença de Daniel Alves. No entanto, a imprensa local sugere que isso ocorrerá em até duas semanas, devido à grande repercussão do caso. A defesa do jogador solicitou sua absolvição, argumentando a falta de provas concretas de que o ato sexual não foi consensual, além de levantar a hipótese de embriaguez, sugerindo que o brasileiro estava com suas capacidades cognitivas afetadas.

Em sua defesa, foi utilizado o testemunho de Joana Sanz, esposa de Daniel Alves, que declarou que o marido chegou em casa embriagado e desmaiou na cama. Enquanto isso, a promotoria solicitou a condenação com base em evidências como imagens, depoimentos de peritos forenses e testemunhas.

Perguntas e respostas sobre o caso:

Se condenado, Daniel Alves enfrentará quantos anos de prisão?

A promotoria requisitou 9 anos de prisão, enquanto a advogada da acusação pleiteou a pena máxima de 12 anos. Em caso de condenação, o jogador deverá cumprir dois terços da pena. Isso significa que ficará preso por aproximadamente entre cinco e seis anos. Além disso, como pagou uma multa atenuante, a pena pode ser reduzida pela metade.

A estratégia da defesa de utilizar a embriaguez como argumento pode reduzir a pena máxima para 8 anos.

Se condenado, Daniel Alves terá direito a apelar da decisão?

Sim, o caso poderá ser objeto de recurso. A defesa do jogador poderá apelar para o Tribunal de Apelação, a segunda instância judicial espanhola.

Daniel Alves permanecerá em liberdade até o anúncio da sentença?

Não. A defesa solicitou a liberdade condicional até a divulgação do veredicto, porém o pedido foi negado. Tanto a promotoria quanto a advogada da denunciante solicitaram a manutenção da prisão, argumentando que ele poderia fugir para o Brasil, país que não possui acordo de extradição.

Com informações de O Globo.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *