Pesquisar
Close this search box.

Legisladores alinhados a Trump celebram decisão unânime da votação da Suprema Corte

Os legisladores que apoiam o ex-presidente Trump comemoraram a decisão unânime da Suprema Corte na segunda-feira de rejeitar a tentativa do estado do Colorado de manter o ex-presidente fora da votação presidencial, citando a 14ª Emenda.

Todos os nove juízes, nomeados pelos presidentes democratas e republicanos, concordaram que os estados não têm autoridade “ao abrigo da Constituição para fazer cumprir a Secção 3 no que diz respeito aos cargos federais, especialmente a Presidência”. No entanto, eles podem fazê-lo em relação a cargos estaduais.

“A decisão certa. Fico feliz em ver a Suprema Corte enfrentar as tentativas da extrema esquerda de minar nossa democracia”, disse o senador Steve Daines, R-Mont., em uma postagem para X.

O candidato presidencial republicano e ex-presidente Trump levanta o punho ao partir após falar durante a Conferência de Ação Política Conservadora, CPAC 2024, em Oxon Hill, Maryland, em 24 de fevereiro de 2024. (Foto AP/Alex Brandon)

O presidente do Judiciário da Câmara, Jim Jordan, republicano de Ohio, classificou a decisão como uma “grande vitória para o bom senso e a democracia!”

A senadora Marsha Blackburn, republicana do Tennessee, também aplaudiu a decisão, escrevendo no X: “SCOTUS defendeu legitimamente o direito dos americanos de votar em Trump. Os ataques da esquerda à democracia não resistirão. #TRUMP2024.”

“9-0. Os comunistas terão que encontrar outras formas de “defender a democracia”. #MAGA”, acrescentou o senador Tommy Tuberville, R-Ala., observando a unanimidade da decisão.

O deputado Byron Donalds, republicano da Flórida, disse estar “feliz” em ver o tribunal escolher “o lado da liberdade”.

“URGENTE: A Suprema Corte defende a democracia contra juízes esquerdistas radicais de baixo escalão. Apesar da interminável caça às bruxas política da extrema esquerda contra Donald Trump, a Constituição e nossa democracia prevaleceram”, escreveu o senador Roger Marshall, R-Kan., em X.

Os democratas permaneceram em grande parte calados quanto à decisão da Suprema Corte. As ligações feitas solicitando comentários do presidente Biden, do líder da maioria no Senado, Chuck Schumer, e do líder da minoria na Câmara, Hakeem Jeffries, não foram retornadas imediatamente

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *