Pesquisar
Close this search box.

Lira está incomodado com a prisão do deputado Chiquinho Brazão

A Polícia Federal o acusa de ser um dos mandantes do assassinato de Marielle Franco, ocorrido em 2018.

Segundo informações da coluna de Lauro Jardim, a Câmara dos Deputados dará início hoje ao processo de cassação do deputado federal Chiquinho Brazão. A admissibilidade do processo será aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), e é praticamente certo que Brazão perderá seu mandato em breve. A Polícia Federal o acusa de ser um dos mandantes do assassinato de Marielle Franco, ocorrido em 2018.

No entanto, um detalhe na prisão de Brazão, ocorrida no último domingo, causou desconforto entre os congressistas e, consequentemente, no presidente da Câmara, Arthur Lira.

Ao desembarcar em Brasília, Brazão e seu irmão, Domingos Brazão, conselheiro do Tribunal de Contas do Rio, estavam algemados. Por outro lado, o delegado Rivaldo Barbosa, ex-chefe da Polícia Civil e também acusado de envolvimento no planejamento do assassinato de Marielle Franco, desceu as escadas do avião sem algemas, apoiando-se no corrimão.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *