Pesquisar
Close this search box.

Lucro das principais estatais cai 24% no primeiro ano do governo Lula

Petrobras apresentou baixa de 33% nos lucros em relação a 2022

O rendimento das principais estatais federais registrou uma quebra de 24% no primeiro ano do governo Lula. Em 2023, a Petrobras, Banco do Brasil, Banco de Desenvolvimento do Brasil (BNDES), Caixa Econômica Federal e Correios tiveram um lucro líquido somado de R$ 182 bilhões.

O desempenho negativo do governo petista foi puxado principalmente pela queda dos resultados da Petrobras. A petroleira apresentou uma baixa de 33% nos lucros em relação a 2022. O último resultado representa um montante de R$ 124,6 bilhões.

Já o BNDES teve uma queda de 5% dos lucros em 2023. Por outro lado, o Banco do Brasil teve um crescimento de 11,3% em 2023 (foi para R$ 35,5 bilhões), e a Caixa teve uma expansão de 15,5% (R$ 10,6 bilhões).

O que influenciou o desempenho das estatais? 

Sobre o seu baixo desempenho, a Petrobras alega a influência da desvalorização do petróleo no mercado internacional, que afetou petroleiras de todo o mundo. O valor do barril do tipo Brent teve uma queda de 18% em 2023, em relação a 2022.

A empresa também culpa as margens menores na venda de derivados e o aumento dos custos operacionais. 

BNDES

A administração do BNDES afirmou à Folha de S.Paulo que a venda de ações em 2022 interferiu na base de comparação. Naquele ano, o banco se desfez de ações de diferentes companhias.

A gestão de Lula, porém, quer ampliar a presença do banco como sócio de empresas. Segundo o diretor financeiro do BNDES, Alexandre Abreu, a atual gestão decidiu não fazer venda de ações, e isso beneficiou a instituição.

Banco do Brasil 

Os diretores do Banco do Brasil atribuem o desempenho positivo da instituição ao crescimento das receitas de prestação de serviços, como consórcios, seguros e operações de crédito e garantia.

Caixa 

O vice-presidente de finanças da Caixa, Marcos Brasiliano Rosa, destaca a melhora da margem financeira em 2023, com mais receitas nas operações de crédito. Além disso, ele fala dos benefício de manter o controle da inadimplência. 

Para 2024, Rosa acredita que o desempenho deve melhorar, especialmente pela queda da taxa de juros.

Correios 

Nos Correios, o prejuízo foi 22% menor (R$ 596 milhões). O motivo foi uma “retração das despesas e de uma melhora no resultado financeiro”.  

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

3 respostas

  1. Não foi o lucro que caiu 24%. Foi o roubo que aumentou 24% com a bênção dos 11 corvos ladrões e mais outros tantos que fazem parte da quadrilha jurídica.
    É crime ORGANIZADO ,façam-me o favor…
    ORGANIZADOOOOO…
    Tem braço armado, narcotráfico, advogados, juízes, promotores, políticos, senadores desembargadores, cartórios, urnas, eleições, imprensa, funcionalismo público, Universidades, Milícia Federal, Milícia civil , Milícia militar e forças acovardadas. Podem não saber governar mas montar uma quadrilha desta envergadura e roubar à vontade eles sabem muito bem.

  2. Isto tudo já estava previsto desde que ele começou a falar nas eleições. A proposta é acabar com eas empresas de capital aberto fazendo elas saírem do Brasil. O pior é que sair agora do mercado aberto afundaria totalmente as empresas de dívidas e para sobreviverem dependenriam de comer na mão do ditador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *