Pesquisar
Close this search box.

Lula autoriza venda de empresa de mísseis brasileiros para australianos.

A administração de Lula deu luz verde para a venda da Avibras, uma empresa brasileira especializada em veículos lançadores, como o S-50, um elemento crucial do programa espacial.

Com isso, o Brasil perde a tecnologia do sistema Astros, um sistema de artilharia que tem sido um grande sucesso de exportação desde os anos 80.

Conforme o site Vista Pátria relatou, a recente venda da Avibras a um grupo australiano concorrente representa um “golpe devastador” para a Defesa Nacional e para o projeto nacional em geral.

Os compradores fazem parte de um fundo de investimento australiano que, através da Defendtex, uma empresa muito menor que a Avibras, adquiriu 100% da empresa brasileira. Ainda não divulgaram os detalhes financeiros da transação. O governo brasileiro autorizou a venda.

Do ponto de vista geopolítico, a aquisição é vista como um grande movimento estratégico da Austrália. Influenciado pelos EUA, o país enfrenta um ambiente estratégico instável, como a região da Ásia-Pacífico.

Com a compra, a empresa australiana ganha acesso a um míssil já desenvolvido (o mais importante já produzido pelo Brasil), que inclui um sistema inercial (o MTC, desenvolvido com recursos públicos brasileiros). Este pode adaptar-se para equipar um submarino em desenvolvimento no contexto do AUKUS (aliança militar entre Austrália, EUA e Inglaterra).

A gestão de Lula conseguiu se desfazer de um dos poucos elementos verdadeiramente eficazes na defesa nacional.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

3 respostas

  1. As estatais deficitárias e que servem de cabide de emprego o L mantém e as lucrativas e eficientes ele vende. Onde está a lógica nisso?

  2. O ditador mais uma vez entra em ação para desmoralizar o que resta das forças armadas. E deixar o Brasil a mercê da China , Rússia .e o Brasil sem defesa.

  3. Na minha opinião êsse tipo de venda deveria ser proibido constitucionalmente,
    Esses valores obtidos já seriam ter um destino certo, para novos investimentos, já que foram vendidos..
    Mais, o dinheiro pelo qual construíram no Brasil essa tecnologia.é público, portanto é do povo, por isso tal venda deveria ser consultada o povo brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *