Pesquisar
Close this search box.

Lula manda duro recado a Arthur Lira após presidente da Câmara chamar Padilha de “incompetente”

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta sexta-feira (12) que o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, permanecerá no cargo “só por teimosia”. Essa declaração surge após críticas feitas pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que chamou Padilha de “incompetente”.

Lula comparou o cargo ocupado por Padilha com um casamento: nos primeiros seis meses, tudo parece maravilhoso, mas depois começa a ser um cargo desafiador. Ele enfatizou que, apesar das cobranças, Padilha continuará no ministério porque é o mais preparado para lidar com a diversidade no Congresso Nacional.

O Partido dos Trabalhadores (PT) também emitiu uma nota em defesa de Padilha, manifestando “irrestrita solidariedade” ao ministro e reconhecendo sua competência.

Arthur Lira criticou Padilha após a votação na Câmara que manteve a prisão do deputado Chiquinho Brazão (sem partido-RJ). Nos bastidores, há tensões sobre a interferência do governo na análise da situação de Brazão.

Padilha, por sua vez, respondeu que o governo defendeu a prisão com base em um processo de investigação de seis anos. A crise entre Padilha e Lira preocupa governistas, que temem que isso afete a votação de propostas de interesse do Executivo no Congresso Nacional.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *