Pesquisar
Close this search box.

Pela primeira vez, Moraes vota pela inocência de réu do 8 de janeiro

O acusado estava em situação de rua no dia dos atos e disse ter se aproximado ‘por pura curiosidade’

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Alexandre de Moraes, votou nesta sexta-feira (8) para absolver totalmente um dos réus de 8 de janeiro de 2023. É a primeira vez que Moraes, relator dessas ações, vota para inocentar por completo um réu nessas ações.

O acusado, Geraldo Filipe da Silva, estava em situação de rua no dia dos atos e disse ter se aproximado “por pura curiosidade”.

Silva foi preso em 8 de janeiro e permaneceu detido por quase 11 meses, sendo liberado provisoriamente em novembro passado após manifestação da PGR (Procuradoria-Geral da República), que afirmou não haver provas contra ele.

Moraes concordou com a PGR e afirmou que há uma ‘dúvida razoável’ quanto ao conhecimento do acusado e sua colaboração voluntária nas práticas ocorridas no dia.

A decisão ainda deve ser avaliada pelos demais ministros até a próxima sexta (15), em um julgamento virtual.

O Ministro votou para condenar todos os outros 14 acusados dessa mesma leva, com penas que vão de 11 a 17 anos de prisão. Os réus estão sendo julgados em lotes desde setembro do ano passado.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *