Pesquisar
Close this search box.

Pesquisa mostra governo Lula desidratado

Desde janeiro, os percentuais têm oscilado de forma desfavorável ao presidente, permanecendo dentro da margem de erro da pesquisa, e agora voltaram ao patamar polarizado registrado no final de 2023.

Uma pesquisa realizada pelo PoderData entre os dias 23 e 25 de março de 2024 revela que 47% dos brasileiros expressam sua “aprovação” em relação ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), enquanto 45% manifestam sua “desaprovação”. Os números apresentados mostram uma equivalência dentro da margem de erro do estudo, que é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

O PoderData, uma empresa pertencente ao grupo Poder360 Jornalismo, conduziu uma pesquisa com recursos próprios. Os dados foram obtidos entre os dias 23 e 25 de março de 2024, através de chamadas para telefones móveis e fixos. O estudo abrangeu 2.500 entrevistas em 202 municípios, abrangendo todas as 27 unidades federativas. A margem de erro foi calculada em 2 pontos percentuais, com um intervalo de confiança de 95%.

Para garantir uma amostragem representativa da sociedade em termos de sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData realizou dezenas de milhares de chamadas telefônicas. Em muitos casos, foram necessárias mais de 100 mil ligações para encontrar os entrevistados que refletissem de maneira precisa a diversidade da população.

HIGHLIGHTS DEMOGRÁFICOS

Poder360 estratifica os dados da pesquisa por recortes demográficos. Eis os destaques:

  • os pontos de apoio do governo – a administração petista é mais bem avaliada por jovens de 16 a 24 anos (60%), por idosos de 60 anos ou mais (57%) e por quem cursou até o ensino fundamental (56%);
  • os pontos de vulnerabilidade – O governo é pior avaliado dentre os moradores das regiões Sul (56%) e Centro-Oeste (55%) e os que ganham mais de 5 salários mínimos (57%).

TRABALHO DE LULA

Após 4 meses, a aprovação do atual chefe do Executivo caiu abaixo da desaprovação. O índice daqueles que consideram o trabalho do líder do PT como “ruim/péssimo” aumentou em 2 pontos, atingindo o seu pico desde o início do mandato, totalizando 36%. Enquanto isso, a avaliação positiva de Lula, classificada como “boa/ótima”, também atingiu seu menor ponto numérico, com 31%.

Além disso, há uma parcela de 26% que classifica o desempenho do petista como “regular”, enquanto 7% não souberam responder.

ESTRATIFICAÇÃO

Eis a avaliação do desempenho do presidente Lula por faixas demográficas (sexo, idade, região, escolaridade e renda):

METODOLOGIA

A pesquisa realizada pelo PoderData ocorreu entre os dias 23 e 25 de março de 2024 e contou com a participação de 2.500 entrevistados, todos com 16 anos de idade ou mais, distribuídos em 202 municípios representando as 27 unidades da Federação. Para garantir a representatividade dos dados, foi aplicada uma ponderação paramétrica considerando variáveis como sexo, idade, grau de instrução, região e renda. A margem de erro para os resultados é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

As entrevistas utilizaram o sistema URA (Unidade de Resposta Audível) por telefone, abrangendo tanto linhas fixas quanto celulares. Nesse sistema, os entrevistados ouvem perguntas gravadas e respondem através do teclado do aparelho. O estudo tem um intervalo de confiança de 95%.

Os resultados foram arredondados para tornar a leitura mais acessível, o que pode resultar em variações na soma total devido a não respostas e às diferenças nos percentuais. É relevante destacar que a pesquisa foi financiada pela PoderData, uma empresa de pesquisa pertencente ao grupo de mídia Poder360 Jornalismo.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *