Pesquisar
Close this search box.

STF condena deficiente e tutor de família com ‘ossos de vidro’ a 14 anos de prisão pelo 8/1

Foto - Ton Molina

Corte julgou ainda outras oito pessoas em virtude da manifestação

O Supremo Tribunal Federal (STF) condenou mais dez pessoas pelo 8 de janeiro, no julgamento no plenário virtual concluído em 26 de abril. As penas fixadas variam entre 11 e 17 anos, mais pagamento de multa.

Entre os que tiveram o destino selado está Rodrigo Ramalho, tutor de uma família na qual três pessoas têm ossos de vidro, doença chamada de osteogenesis imperfecta. Ramalho é ainda pai de um autista que precisa de cuidados especiais.

Outro preso do 8 de janeiro na lista de condenados pelo STF é Telmo Aparício, cidadão português que teria financiado o protesto. O homem de 48 anos tem deficiência auditiva.

Em julho do ano passado, Moraes autorizou a visita de um representante da embaixada de Portugal em Brasília a Aparício. Durante o encontro, o diplomata constatou que o homem é surdo.

Veja a lista dos condenados pelo STF em virtude do 8 de janeiro

Sessão de abertura dos trabalhos do Judiciário — 01/02/2024 | Foto: Ton Molina/Estadão Conteúdo

  • Carlos Costa: 11 anos;
  • Rodrigo Ramalho: 14 anos;
  • Telmo Aparício: 14 anos;
  • Ueliton Macedo: 14 anos;
  • Douglas de Souza: 14 anos;
  • Oziel dos Santos: 14 anos;
  • Telmo Esmala: 17 anos;
  • Felício Araújo: 17 anos;
  • João Gama: 17 anos;
  • José Barros: 17 anos.

Sobe o número de sentenciados pela Corte

Com as dez novas julgamentos concluídos de gente do 8 de janeiro pelo STF, o número total de condenados pelo protesto chegou a 206.

Levantamento de Oeste mostrou ainda que 172 pessoas com tornozeleira eletrônica tiveram seus acordos de não persecução penal homologados por Moraes.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

10 Responses

  1. Não tem jeito! Uma pessoa que condena pai de autista, condena criança com TDAH . Espero que Deus faça justiça pq a justiça dos homens não existe mais . Com certeza não tem medo da ira de Deus , mas a fé me fortalece na certeza da justiça divina

  2. Meu pai ainda se acham certos falando em nome da lei……..Mas eu creio que Déus é maior em todas as adversidades dos que estão sendo julgados.

  3. A justiça de Deus! Em breve virá aquardem , DEUS ! fará justiça pelos fracos oprimidos.

  4. Sonho que, como houve um sério e duro tribunal de Nuremberg para julgar as atrocidades da guerra, haverá um de Shellemberg, para julgar as crueldades e inconstitucionalidades da ditadura tupiniquim.

  5. Esse desqualificado vai pagar do próprio bolso, tanta injustiça. Vai sofrer em dobro por tamanha maldade.

  6. Impublicavel meu sentimento……
    Por em prática as técnicas do arquipélago gulak.
    Qdo teremos um tribunal de Nuremberg ?……haja madeira para o alçapão…..

  7. cadê o Pacheco e o Lira que ficam se escondendo atrás da roupa de Moraes. Esses também junto com o maluco tinha que ser presos
    por omissão. O Moraes está em delírio achando que é o novo Presidente do Brasil .

  8. E os Senadores não fazem nada! Só aquelas audiências pra oitiva dos jornalistas (Português e o Americano), que corajosamente se dispuseram a falar, mas que não dá em nada, parece que é só pra “engabelar” o povo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *