Pesquisar
Close this search box.

TSE vai gastar R$ 20 milhões para contratar jornalistas

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) destinou pouco mais de R$ 20 milhões para a produção de conteúdo jornalístico, abrangendo televisão, internet e redes sociais, por um período de cinco anos.

Esse montante inclui a contratação de profissionais experientes, como repórteres, fotógrafos, editores de texto e vídeo, e analistas de dados, com salários variando entre R$ 7 mil e R$ 11 mil. O contrato prevê dois núcleos de atuação dos servidores: um permanente e outro temporário para as eleições de 2020.

Além disso, o TSE acertou, no final do mês passado, a contratação de uma auditoria externa do sistema eleitoral por R$ 4 milhões. Essa auditoria se realizará para examinar e validar a organização, condução e conclusão dos trabalhos do Teste de Integridade referentes às Eleições Municipais de 2024.

Em fevereiro deste ano, o TSE também destinou pouco mais de R$ 200 mil para a confecção e reparos de togas de ministros e servidores da Corte. Esse investimento se fez necessário devido ao desgaste natural das togas, bordados, cordões e capas, que exigem reparos ou substituições ao apresentarem sinais de deterioração pelo uso contínuo.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *