Pesquisar
Close this search box.

Urgente: Cid é preso depois de depoimento no STF

Foto:  Geraldo Magela/Agência Senado

Em áudios, tenente-coronel sugeriu pressão da PF por delação

O tenente-coronel Mauro Cid saiu preso, depois do depoimento prestado no Supremo Tribunal Federal (STF), nesta sexta-feira, 22. Por ser militar, Cid deve ficar detido no Batalhão da Polícia do Exército, em Brasília.

“Após o término da audiência de confirmação dos termos da colaboração premida, foi cumprido mandado de prisão preventiva expedido pelo ministro Alexandre de Moraes contra Mauro Cid, por descumprimento das medidas cautelares e por obstrução à Justiça”, comunicou o STF, em nota obtida por Oeste. “Mauro Cid foi encaminhado ao IML pela Polícia Federal (PF).”

Após a revista Veja publicar um conjunto de áudios nos quais Cid sugere que a PF o pressionou a aderir a uma suposta versão da corporação no processo de delação premiada, convocaram Cid para se explicar no STF. Celebrado em setembro do ano passado pelo STF, o acordo está “sob análise”.

O depoimento de Cid começou às 13h05 e durou uma hora e meia.

Áudios de Mauro Cid

Em gravações, Cid contou a um amigo que a PF está com a “narrativa pronta” e que os investigadores “não queriam saber a verdade”. O militar havia prestado depoimento de nove horas à corporação para explicar o suposto golpe de Estado.

Cid critica ainda o ministro do STF Alexandre de Moraes, que homologou um acordo de delação do militar com a PF.
A PF teria usado essa colaboração para realizar uma série de operações contra aliados de Jair Bolsonaro, incluindo o próprio ex-presidente.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

2 Responses

  1. Gostaria muito de estar morando por aí , farei o que puder eu que não puder para isso acontecer, tenho muita pena dessas pessoas presas, não só do Cidi , vontade de chorar.
    Adoro vc Paulo, espero que eu possa dar o apoio que vc merece,seu trabalho é incrível, bjs da velinha aqui.

  2. Boa noite, Paulo. A princípio, parabéns pelo seu excelente trabalho. Quanto ao Mauro Cid, ele tem razão: está sozinho e perdeu mais que todos. Agora preso, será esquecido. Tudo muito injusto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *