Pesquisar
Close this search box.

Boulos faz “piada” sobre crise de Lula com Israel

O deputado federal Guilherme Boulos (PSOL-SP, na foto), pré-candidato à prefeitura de São Paulo, optou por não fazer comentários sobre as recentes declarações de Lula. O ex-presidente comparou a operação militar israelense na Faixa de Gaza ao Holocausto dos judeus durante a Segunda Guerra Mundial.

“Eu não sou comentarista das falas do presidente da República. Ele teve 60 milhões de votos para estar onde ele está”, afirmou Boulos, que é o candidato de Lula em São Paulo, em entrevista à rádio Bandnews nesta segunda-feira, 19,

“Não sou candidato a prefeito de Tel Aviv. Eu sou candidato a prefeito de São Paulo”, acrescentou.

Aliados aconselharam Boulos a manter silêncio em relação às declarações de Lula, apesar de sua intenção inicial de endossá-las. Ele foi persuadido a não abordar o episódio, preocupando o comitê de campanha com o potencial de exploração por parte de seus principais adversários, especialmente o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB).

Os aliados de Boulos também avaliam que o respaldo às falas de Lula deve ser direcionado principalmente às manifestações de petistas como Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT.

No domingo, 18, Lula retomou seus ataques a Israel, comparando as operações militares na Faixa de Gaza ao extermínio de judeus promovido por Adolf Hitler.

“Sabe, o que está acontecendo na Faixa de Gaza com o povo palestino, não existe em nenhum outro momento histórico. Aliás, existiu quando Hitler resolveu matar os judeus”, disse Lula durante entrevista a jornalistas no hotel em que está hospedado em Adis Abeba, capital da Etiópia.

Com informações de O Antagonista

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *