Pesquisar
Close this search box.

Governadores Tarcísio e Caiado aceitam convite de Netanyahu para visita a Israel após controvérsias geradas por declarações de Lula

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos-SP), embarcará no dia 18 para Israel. Ele viajará ao país a convite do governo de Binyamin Netanyahu.

Outros governadores foram convidados a se juntar à comitiva liderada por Tarcísio. Ronaldo Caiado, governador de Goiás (União Brasil), já confirmou sua participação, assim como Cláudio Castro, governador do Rio de Janeiro (PL).

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, declinou do convite.

Netanhyahu enviou ainda uma carta pessoal a Jair Bolsonaro para que ele viaje a Israel. O ex-presidente, no entanto, teve o passaporte apreendido por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, e depende da autorização do magistrado para sair do Brasil.

A viagem acontecerá em meio ao agravamento das declarações absurdas de Lula contra Israel, resultando em um desgaste para o presidente brasileiro, especialmente entre os eleitores evangélicos que têm afinidade com o país.

O petista repete, sempre que tem oportunidade, que o governo de Netanyahu está promovendo um genocídio de mulheres e crianças na Faixa de Gaza, sem levar em consideração os ataques sofrido de Israel pelo grupo terrorista Hamas.

De acordo com pesquisa Genial/Quaest divulgada na semana passada, a queda da avaliação positiva de Lula foi maior entre os evangélicos justamente por causa dessas declarações, e a rejeição a ele neste público chegou a 62%.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *