Pesquisar
Close this search box.

Moraes inclui Musk como investigado no inquérito do fim do mundo

Ministro decide ainda que rede social X deve se abster de desobedecer qualquer ordem judicial já preferida pelo STF ou pelo TSE

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal) determinou, na noite deste domingo (7), a inclusão do empresário Elon Musk, dono da rede social X (antigo Twitter), como investigado no inquérito que apura a existência de possíveis “milícias digitais antidemocráticas e seu financiamento”.

Moraes disse que a medida se justifica pela “dolosa instrumentalização criminosa” da rede, em conexão com os fatos investigados nos inquéritos das “fake news” e dos “atos antidemocráticos”.

Além do que apura a atuação de diretores do Google e do Telegram no Brasil em suposta campanha contra o projeto de lei das “Fake News” e da suposta tentativa de “golpe” de Estado e de “abolição violenta do Estado democrático de Direito”.

O ministro também determinou a instauração de um inquérito para apurar as condutas de Musk em relação, segundo ao Ministro, “crimes de obstrução à Justiça, inclusive em organização criminosa e incitação ao crime”.

Também decidiu que a provedora da rede X deve se abster de desobedecer qualquer ordem judicial já emanada, inclusive realizar qualquer reativação de perfil cujo bloqueio foi determinado pelo STF, sob pena de multa diária de R$ 100 mil por perfil e responsabilidade por desobediência à ordem judicial dos responsáveis legais pela empresa no Brasil.

Elon fez uma série de posts ao longo deste fim de semana relacionados ao Brasil. Ele disse que estava “levantando restrições” impostas por decisão judicial de sua rede e defendeu que Moraes deveria renunciar ou sofrer impeachment.

Até o momento, não há indicação quanto a se o X chegou a descumprir alguma ordem. O episódio serviu para inflamar e ainda mostrar ao mundo a censura no Brasil.

Sem fazer qualquer referência às últimas declarações de Musk ou a Moraes, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) publicou vídeo de um evento de 2022 em que está ao lado do empresário. Na legenda, escreveu que Musk “é o mito da nossa liberdade”.

Mais cedo no sábado (6), o ex-presidente também divulgou convocação para um ato no Rio de Janeiro no dia 21 de abril. Ele diz ainda que o evento dará continuidade ao ato que aconteceu em São Paulo, no dia 25 de fevereiro.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

3 Responses

  1. Lembro exatamente do dia da sabatina de mentirinha dessa criatura. Aparência grotesca, com um cabeção enorme e mãos bens grandes, parecendo acromegalia. Pensei: ninguém com essa aparência tão grotesca passa incólume pela infância ou adolescência. Deve ter sofrido muito bullying mal resolvido. Resultado: psicopata adulto. Não deu outra. Nunca, mas nunca mesmo, pronunciei seu nome de batismo, título ou função. Sempre foi o “cabeça de pi…a” para cá, o “cabeça de pi…a” para lá. Como esse termo é muito vulgar, agora o denomino de GORK (God Only Really Knows). Pesquisando na internet, é possível conferir como a imagem do psicopata é idêntica ao do GORK. Assim, por azar nosso, temos um GORK saído das profundezas do inferno com o objetivo único de atazanar a vida dos brasileiros. Vamos, então, unir forças para que ele volte a sua origem (o inferno) o mais breve possível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *