Pesquisar
Close this search box.

Nova Interrupção no Julgamento de Mouro: Desembargadora Solicita Vista e Pausa Processo de Cassação

Foto: Reprodução

A juíza Cláudia Cristina Cristofani, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, solicitou mais tempo para análise e pausou o julgamento das ações que requerem a cassação do mandato do senador Sergio Moro. A decisão ocorreu após um empate no voto do juiz José Rodrigo Sade.

Antes da sessão, houve debates sobre a imparcialidade de Cristofani, motivados pela divulgação de uma foto dela com Moro, datada dos anos 90. Na sessão, ela prometeu retomar o julgamento na próxima segunda-feira, enfatizando a necessidade de uma decisão bem-considerada.

Este é o segundo adiamento do julgamento das acusações do PT e do PL contra Moro, relacionadas a abuso de poder econômico e outras irregularidades na campanha de 2022.

Na entrevista, Cristofani negou amizade com Moro e defendeu a legitimidade da foto. O presidente do TRE-PR, Sigurd Bengtsson, também apoiou Cristofani, descartando qualquer descredibilidade.

No TRE-PR, a expectativa é que Cristofani não se declare impedida de julgar Moro, pois ela já relatou favoravelmente em casos anteriores, incluindo a aprovação das contas de campanha de Moro e a rejeição de pedidos de impugnação de sua candidatura.

Os partidos PT e PL, aparentemente, não buscarão o impedimento de Cristofani, considerando que tal ação poderia ser contraproducente.

Se Cristofani for impedida, o substituto, desembargador João Pedro Gebran Neto, amigo de Moro e apoiador das decisões na Lava-Jato, incluindo o aumento de penas no caso do triplex do Guarujá, assumirá.

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

3 respostas

    1. Boa noite, Eliana.
      Também foi suspenso e será retomado dia 16/04 – matéria já no Site!

      Equipe Paulo Figueiredo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *