Pesquisar
Close this search box.

Pesado: Netanyahu diz que “Lula desonrou a memória de 6 milhões de judeus assassinados pelos nazistas” com fala polêmica

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, expressou veemente repúdio às declarações do ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, que comparou as ações de Israel na Faixa de Gaza ao Holocausto. Netanyahu afirmou que Lula desonrou a memória dos seis milhões de judeus assassinados pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

Em suas declarações, Netanyahu acusou Lula de “demonizar o Estado judeu como o antissemita mais virulento” e destacou que o presidente brasileiro deveria ter vergonha de si mesmo. A comparação feita por Lula gerou intensa reação não apenas em Israel, mas também internacionalmente, levando a críticas por banalizar e distorcer eventos históricos sensíveis.

A polêmica ocorreu durante uma coletiva de imprensa de Lula na Etiópia, onde ele declarou: “O que está acontecendo na Faixa de Gaza com o povo palestino não existe em nenhum outro momento histórico. Aliás, existiu. Quando Hitler resolveu matar os judeus”.

Com informações do Metrópoles.



Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *