Pesquisar
Close this search box.

Por que os mosquitos ‘escolhem’ algumas pessoas para transmitir a dengue? Existem 2 motivos; saiba quais

Christopher Potter, professor associado de neurociência na Escola de Medicina da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, afirma que os mosquitos são atraídos por todas as pessoas. No entanto, se você se encontra repelindo-os com mais frequência do que as pessoas ao seu redor, pode ser uma daquelas pessoas azaradas que naturalmente são mais tentadoras para os mosquitos.

Entender por que algumas pessoas são mais picadas do que outras não tem uma resposta única e definitiva, em parte porque é um desafio para os cientistas estudarem esse fenômeno complexo.

No entanto, especialistas identificaram duas categorias principais de fatores que nos tornam mais atraentes para os mosquitos: aspectos biológicos, que são imutáveis, e comportamentos, que podem ser modificados.

Aspectos biológicos

No primeiro conjunto de fatores, o aroma assume uma posição de destaque. Diversas moléculas presentes em todo o corpo se combinam para formar o odor característico de cada indivíduo.

Potter faz uma analogia com morangos para explicar essa complexidade olfativa: “Assim como morangos, não há uma única fragrância que confere aquele cheiro característico. É uma combinação de uma dúzia de odores que se entrelaçam.” Essa mistura única de compostos químicos provavelmente é o que atrai os mosquitos, de acordo com o especialista.

Lindy McBride, professora associada de ecologia, biologia evolutiva e neurociência na Universidade de Princeton, sugere que algumas pessoas podem liberar mais do odor preferido pelos mosquitos. No entanto, ressalta que não é garantia de que alguém particularmente perfumado para os humanos será sempre alvo dos mosquitos, pois esses insetos são sensíveis a diferentes tipos de odores, incluindo aqueles imperceptíveis para os humanos. McBride destaca que, por exemplo, os mosquitos apreciam o odor do antebraço, uma região geralmente não associada a fragrâncias agradáveis.

O sebo, uma substância cerosa e oleosa na pele que a protege da secura, também desempenha um papel atrativo para os mosquitos, pois contém moléculas contribuintes para o odor.

Outro fator relevante é o tipo sanguíneo, conforme aponta Christopher Bazzoli, médico de emergência especializado em medicina selvagem na Clínica Cleveland, nos Estados Unidos. Ele menciona que os mosquitos parecem ter preferência por pessoas com sangue tipo O, embora as razões dessa inclinação ainda não tenham sido completamente compreendidas.

A “assinatura respiratória,” como Bazzoli a denomina, também influencia na atratividade para os mosquitos. Esses insetos procuram dióxido de carbono, explicando em parte sua habilidade em nos localizar. Quanto mais liberamos dióxido de carbono ao respirar, mais atraímos os insetos para a nossa proximidade.

Seu comportamento

Também existem os fatores que dependem mais de como você age ao longo do dia.

Se você fizer exercícios vigorosos ao ar livre, pode respirar com mais intensidade e exalar mais dióxido de carbono, o que pode atrair mosquitos, afirma Potter.

O suor também envia um sinal poderoso para os mosquitos, diz McBride — especialmente o suor que permaneceu por algumas horas, misturando-se com as bactérias em nossa pele.

E se você tomou algumas cervejas na praia ou caipirinhas, também pode emitir um pouco de álcool no seu suor, segundo Bazzoli, o que pode atrair mosquitos. Além disso, o álcool pode alterar a composição química do seu odor corporal, diz ele, o que pode atrair os mosquitos.

Como afastar os mosquitos

Existem várias estratégias com base em evidências para afastar os mosquitos.

Segundo Bazzoli, alguns produtos de cuidados pessoais com fragrância, como determinados perfumes, sabonetes e loções perfumadas (incluindo protetores solares), podem atrair esses insetos. Portanto, se você estiver ao ar livre quando os mosquitos estiverem presentes, é aconselhável optar por produtos sem fragrância e considerar evitar o uso de perfume completamente.

Bazzoli também destaca que certas cores de roupas, como preto e azul escuro, podem atrair mosquitos. Pesquisas indicam que esses insetos são atraídos por cores vibrantes como laranja e vermelho. Para reduzir o risco de picadas, o Dr. Bazzoli sugere usar cores mais claras e, para uma proteção adicional, optar por roupas tratadas com permetrina, um inseticida que mata mosquitos ao contato.

No que diz respeito a repelentes de insetos, Potter explica que eles podem ajudar a afastar os mosquitos, mascarando eficazmente o cheiro da pele.

Além disso, existem opções eletrônicas e gadgets, como luzes de corda especializadas ou dispositivos da empresa Thermacell, que podem ajudar a manter os mosquitos afastados do seu ambiente.

Uma dica simples recomendada por McBride é utilizar um ventilador, apontando-o debaixo de uma mesa, já que os mosquitos têm uma preferência por ficar próximo ao chão e picar os pés. Apesar de sua aparência aparentemente indestrutível e irritante, os mosquitos têm dificuldade em uma brisa, de acordo com McBride.

— Eles não são bons voadores — ela diz.

Com informações de O Globo

Source link

compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *